Fisioterapia
Tratamentos

Fisioterapia

Fisioterapia preventiva

A fisioterapia preventiva visa à reabilitação, a promoção da saúde e prevenção de doenças, buscando qualidade de vida.

Trata-se de um conjunto de procedimentos fisioterapêuticos que ajudam no controle dos sintomas de doenças; na melhoria da coordenação, concentração e postura e no aumento do relaxamento muscular. Consegue combater, depressão, dor articular, muscular e prevenir o aparecimento de novas lesões musculares.

A prevenção vai refletir na terceira idade, pois nessa fase o indivíduo está mais vulnerável físico-funcionalmente. Não tem contra indicações, mas deve ser orientada e acompanhada por um profissional capacitado.

 

Fisioterapia em Geriatria e Gerontologia

O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial e no Brasil os idosos formam o segmento que mais cresce no país. Sendo assim, faz-se necessário priorizar ações que contemplem a saúde do idoso. A Fisioterapia em Geriatria e Gerontologia tem como objetivo a prevenção, a promoção e reabilitação da saúde dessa população.

A atuação da Fisioterapia representa uma estratégia importante para um envelhecer com saúde. Por ser a Fisioterapia e a Gerontologia ciências multidisciplinares, além da promoção, prevenção e reabilitação, todo o contexto psico-físico-social é considerado como uma abordagem integral do idoso.

O fisioterapeuta poderá colaborar atuando na educação em saúde e possibilitando a melhora da capacidade funcional. A capacidade funcional do idoso inclui sua habilidade em executar tarefas físicas diárias, a preservação das atividades cognitivas e a integração social.

Portanto, o atendimento é realizado de forma individualizada e com um profissional exclusivo para uma ação terapêutica além do processo saúde-doença, objetivando promover ao indivíduo uma melhor qualidade de vida.

Fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia

A fisioterapia em Ortopedia e Traumatologia atua na investigação, prevenção e tratamento das doenças ósseas, musculares, articulares e ligamentares.

Trabalha-se utilizando recursos elétricos, mecânicos, térmicos e hidroterápicos, além de técnicas da cinesioterapia, objetivando aliviar o quadro álgico, eliminar o processo inflamatório, melhorar a circulação sanguínea, fortalecer e alongar determinadas musculaturas. Além disso, objetiva-se a recuperação dos movimentos em sua amplitude de movimento total ou fisiológica, equilíbrio, propriocepção e reeducação postural.

O tratamento integral, inter e multidisciplinar tem como principais objetivos: tratar lesões, deformidades e doenças ósseas degenerativas e musculoesqueléticas, fortalecer musculatura enfraquecida e com tônus diminuído, manter integridade articular, melhorar a ergonomia em casa e no trabalho, melhorar a consciência corporal e articular, diminuir lesões articulares e musculares e estabilizar a mecânica musculoesquelética.

Fisioterapia em Neurofuncional

A Fisioterapia Neurofuncional é área da Fisioterapia que atua na recuperação de pacientes que possuam algum tipo de lesão neurológica. O paciente neurológico pode apresentar múltiplas disfunções e uma série de incapacidades e seqüelas, dependendo do grau de acometimento do Sistema Nervoso.

A reabilitação neurofuncional deve ter por base a terapêutica multidisciplinar. No caso da Fisioterapia, o enfoque deve ir além da tentativa de reabilitação das perdas funcionais, ou seja, deve buscar o potencial residual, que é inerente aos pacientes acometidos por alguma agressão neurológica. A Fisioterapia irá estimular não só o aprendizado ou reaprendizado motor, físico e das atividades da vida diária, como também melhorar habilidades cognitivas e de memória e reintegrar o paciente à sociedade

O tratamento globalizado tem como objetivos principais: prevenir deformidades, orientar a família e o paciente – seja ele adulto ou criança, normalizar o tônus postural, diminuir padrões patológicos, prevenir instalação de doenças pulmonares ou outras intercorrências, manter ou aumentar a amplitude de movimentos, estimular as atividades de vida diária, a alimentação e aprimorar a qualidade de vida do paciente.

Veja outros tratamentos